Sábado, 7 de Novembro de 2009

UM LAVADOURO SINGULAR NO MUNICIPIO DE SINTRA

Na Ribeira da Lage, entre os muros da Quinta do Pinheiro, encontramos um antigo lavadouro construído para servir as populações das aldeias das redondezas: Covas, Paiões, Serradas, Albarraque e os diversos Casais circundantes. Aproveitando as águas da ribeira que para o efeito eram sustidas por um pequeno açude provido duma comporta.

O local para a lavagem, está em patamares que ladeiam a represa, onde foram colocadas as pedras sobre as quais se  ensaboava a roupa, ao lado de cada uma está uma cavidade  para colocar o sabão.

O conjunto forma um pitoresco exemplo dum local onde, até aos anos 70 do século XX, as mulheres desta região lavavam a roupa com os pés mergulhados na fria água da corrente. Hoje poucos se lembram das dificuldades que a realização das chamadas tarefas domésticas implicavam, incluindo o simples cuidado com a limpeza das roupas. Imaginamos as "donas de casa", percorrendo longos caminhos com carregos à cabeça na ida e volta do lavadouro, cansadas entoando, quem sabe, alguma cantiga para aliviar as suas fadigas.

Este património singular devia ser preservado e assinalado, possibilitando o seu conhecimento porque exemplos como este não são frequentes. O estado de conservação é excelente, pelo que devidamente protegido e classificado, pode transformar-se num ponto de visita até porque se situa a menos de 20 quilómetros do centro de Lisboa.

O concelho de Sintra e a Freguesia de Rio de Mouro, albergam um rico património em parte desconhecido como este caso ilustra. Dispondo de 6 pedras seria também, por isso, um ponto de encontro e convívio onde as frequentadoras actualizavam as novidades da vizinhança. 

 

 

sinto-me:
Publicado por Júlio Cortez Fernandes às 16:55
Link do post | Comentar

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
16
18
21
22
23
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

MOTIVO DE SATISFAÇÃO

SIGNIFICADO DO TOPÓNIMO ...

GUARDIÃO DA ALDEIA

AQUI OS PINHEIROS BRAVOS ...

LOUREIRO NO PARQUE

PLÁTANOS ALAMEDA SENHORI...

ÁRVORES NOTÁVEIS DO PARQU...

O CEDRO DA RUA DA FONTE -...

MOINHO DE MARÉ DA SAMARRA

MORADA DO GUERRILHEIRO

Arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

tags

todas as tags

Favoritos

RESOLVER "ENIGMA" RELACIO...

BEM FADADO OU MAL FADAD...

Links sobre o autor

Fotografia do Cabo da Roca: Jason Weaver
blogs SAPO

subscrever feeds