Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

O DIA DA AMENDOEIRA

Os dias tem sempre associadas determinadas efemérides. Ultimamente foram estabelecidos dias para os mais variados fins: "dia da criança, dia doente, dia do animal, dia do professor, além dos conhecidos dia do pai e dia da mãe", enfim um conjunto de motivos para ligar o quotidiano a causas.

Talvez ainda se utilize o mesmo procedimento para que a um dia corresponda uma árvore adequada e assim surgirem dias de "Sobreiros, Rosas, Plátanos" etc.

Vem isto a propósito de se assinalar no dia 2 de Fevereiro o dia da Senhora das Candeias, que mais não é do que o aproveitamento litúrgico da celebração profana da festa da luz. O povo aproveitou para relacionar o evento com o provérbios: "SE A CANDEIA CHORA ESTÁ O INVERNO FORA", se pelo contrário "A CANDEIA RIR ESTÁ O INVERNO PARA VIR", dito doutro modo é bom que chova naquele dia para que o Inverno se vá.

Sendo o dia de tributo à luz, que árvore deveríamos escolher,para o "embelezar"? A Amendoeira, porque florescendo muito cedo as suas flores são um sinal de que os dias luminosos da Primavera estão mais próximos, e o escuro do Inverno prestes a findar. Além disso em hebraico o nome desta planta é LUZ. Na Rinchoa existe uma rua das Amendoeiras em local soalheiro e de vistas desafogadas. Motivo para muitas lendas a floração da  amendoeira mitiga as saudades da neve, porque normalmente onde floresce a neve não caí.

Frágil e bela a amendoeira produz um fruto que por estar oculto por uma espessa casca pode ser comparado a algo secreto e invisível, motivos mais do que suficientes para o dia das candeias seja também o da luz , isto é da AMENDOEIRA.    

sinto-me:
Publicado por Júlio Cortez Fernandes às 00:30
Link do post | Comentar

Mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 6 seguidores

Pesquisar neste blog

Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

SERRAS DAS MINAS; FREGUES...

INSIGNES QUINTAS COM NOM...

TOPONÍMIA SINTRENSE - GIG...

FEIRA DAS MERCÊS: TEMPO D...

FEIRA DAS MERCÊS HÁ SETE...

ÁRVORES NOTÁVEIS NO PARQU...

MOTIVO DE SATISFAÇÃO

SIGNIFICADO DO TOPÓNIMO ...

GUARDIÃO DA ALDEIA

AQUI OS PINHEIROS BRAVOS ...

Arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

tags

todas as tags

Favoritos

RESOLVER "ENIGMA" RELACIO...

BEM FADADO OU MAL FADAD...

Links sobre o autor

Fotografia do Cabo da Roca: Jason Weaver
blogs SAPO

subscrever feeds