Sábado, 24 de Setembro de 2011

POEMA DE DOMINGOS MAXIMIANO TORRES (ALFENO CYNTHIO)

Como complemento do que escrevemos sobre o grande poeta nosso conterrâneo,em anterior post, gostariamos de partilhar uma écloga que escreveu na década de 80 do século XVIII, e no qual "canta" o Rio de Mouro, termo da Vila de Sintra.

 

PRIMAVERA

Ecloga VI - Alfeno e Frondoso

 

Agora que a viçosa Primavera

alcatifa de flores as campinas

e enrosca aos ulmos a flexível hera;

Te não sentas aqui,caro Frondoso

junto ás águas do Mouro cristalinas?

                                                                      

vê no roixo oriente o sol formoso

por entre as rotas nuvens chamejando

rasgar a noite o manto azul pomposo

vê os pinheiros surdos sussurando

 

Os zefiros brincões, e desta fonte

as prateadas linfas encrespando

verdeja em torno o bosque,o vale e o monte

serena a manhã vem,nem denegrindo

estão as grossas nuvens o horizonte

                                                                                 

Quando o sol mais ardente subindo

desta faia as Napeias* consagrada

amena sombra está sempre caindo

entrega Melibeu tua manada

ou por esta ribeira à minha unida

 

irá pascendo a grama rosciada

tudo aqui a recreio te convida

o rio murmurando,e prado hervoso

que a mão remoça da estação florida.

 

Um sugestivo poema que retrata o caracter campestre que dominava os nossos sítios no século XVIII,e onde na actualidade se conservam muitos vestígios,nomeadamente, bosquetes de pinheiros mansos, e numerosos ulmeiros na margem do rio Mouro.Sem dúvida   um dos  belos rincões do Ocidente Português.   

 *Ninfas dos bosques e dos prados

sinto-me:
Publicado por Júlio Cortez Fernandes às 16:25
Link do post | Comentar
5 comentários:
De nelson camacho a 26 de Setembro de 2011 às 07:39
Amigo Júlio, não sou do século XVIII, mas vivi em Rio de Mouro Há trinta anos, numa vivenda ao pé da "casa dos fantasmas" aos quatro caminhos. Todos tínhamos um quintal e a zona era bastante saudável. Depois ausentei-me e voltei em 1983 e a coisa já não estava nada bem, é o tempo são as gentes. Agora pirei-me para o Magoito junto à praia onde não há poluição alguma, nem de gentes. Que bom foi ter encontrado este poema do Domingos Maximiano. Se ele voltasse a estar connosco em Rio de Mouro, voltava para onde está. Parabéns pelo seu blogue e inté
Nelson Camacho
De Júlio Cortez Fernandes a 6 de Outubro de 2011 às 11:02
Amigo Nelson Camacho
Eu vivo em Rio de Mouro desde 1973, gosto de morar
aqui, agora temos tudo o que é necessário para
a vida moderna. A sala multiusos da Casa Museu Leal da Câmara, possibilita actividade cultural. O Museu é cada vez mais visitado. Com resultado de pesquisas laboriosas "alimento" este espaço onde espero a sua visita. Obrigado .
Júlio Cortez Fernandes
De nelson camacho a 7 de Outubro de 2011 às 15:47
Amigo Fernandez ainda bem que Rio de Mouro está numa de evolução mas no outro dia fui até ao Centro de Fitares e a coisa não melhorou desde que de lá saí, está muito mal frequentado. Quanto ao museu Leal da Câmara, qualquer dia vou até lá e pode ser que nos encontremos para um "bate papo" e um copo.
Agora vivo junto ao mar e só saio de cá quando está mau tempo.
Um abraço
Nelson Camacho
De rouxinoldepomares a 26 de Setembro de 2011 às 22:56
Caro Cortez Fernandes, felicito-o pelo merecido destaque na páguina do Sapo. De vez em quando passo por aqui, que é como quem diz, pelo seu blog, onde tenho encontrado temas de interesse, nomeadamante para quem vive/viveu em Sintra.
Mais uma vez parabéns e continue, eu voltarei a passar pore aqui.
António Manule Silva ( O Rouxinol de Pomares)
De Júlio Cortez Fernandes a 6 de Outubro de 2011 às 11:10
Caro António
Gostei de ler o seu comentário, e agradeço o seu incentivo. Pretendo com o meu blog suscitar o interesse para as singularidades dos sítios servindo como exemplo a terra onde escolhi viver.
Um Abraço do
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Caro António <BR>Gostei de ler o seu comentário, e agradeço o seu incentivo. Pretendo com o meu blog suscitar o interesse para as singularidades dos sítios servindo como exemplo a terra onde escolhi viver. <BR>Um Abraço do <BR class=incorrect name="incorrect" <a>J.Cortez</A> Fernandes

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
16
18
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

SIGNIFICADO DO TOPÓNIMO ...

GUARDIÃO DA ALDEIA

AQUI OS PINHEIROS BRAVOS ...

LOUREIRO NO PARQUE

PLÁTANOS ALAMEDA SENHORI...

ÁRVORES NOTÁVEIS DO PARQU...

O CEDRO DA RUA DA FONTE -...

MOINHO DE MARÉ DA SAMARRA

MORADA DO GUERRILHEIRO

A FLORA DA RINCHOA DURANT...

Arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

tags

todas as tags

Favoritos

RESOLVER "ENIGMA" RELACIO...

BEM FADADO OU MAL FADAD...

Links sobre o autor

Fotografia do Cabo da Roca: Jason Weaver
blogs SAPO

subscrever feeds