Quinta-feira, 7 de Maio de 2015

A PONTE MEDIEVAL DA RINCHOA

A Área Metropolitana de Lisboa,em muitos dos seus aglomerados urbanos, possui património que não é conhecido, e por isso mesmo, deve ser divulgado.

No Concelho de Sintra, a Rinchoa, que é "bombo" da festa de muitos "analistas" que por falta de humildade, falam do que não sabem. Não fazem ideia de que  muito do que apontam como sendo sítios descaracterizados sem alma nem história; têm afinal um património interessante e valioso.como é ocaso da NOSSA TERRA.

Na Rinchoa ao fundo da Avenida dos Carvalhos, limite da freguesia de Rio de Mouro com a de Belas, na confluência da "regueira" da Tala com a Ribeira da Jarda, existe uma secular, e interessante ponte de pedra que servia de passagem entre os concelhos de Sintra e Belas.

 

 

 

 

 

A Rinchoa foi durante séculos um cruzamento de caminhos, característica que se mantém ainda hoje.

 

Esta ponte que é sem dúvida, medieval, está ao abandono, felizmente encontra-se em bom estado de conservação, merece que seja limpa das ervas e silvas que a rodeiam e assinalada como património de interesse público.

Aqui, no coração do concelho de Sintra, é possível observar uma vestuta ponte, com pormenores construtivos, já difíceis de encontrar em monumentos do mesmo tipo noutros locais de Portugal.

Esta ponte,por incúria serve de suporte a uns inestéticos canos ,e cabos de plástico que devem ser retirados, para que possa ser admirada na pureza das suas linhas originais.Agora (2015), os tubos já foram retirados.Afinal alguém lê os nossos textos

P4303193.JPG

 

 

 

 

 

 

 

A ponte da Rinchoa para a Tala, deve ser classificada como imóvel de interesse público, para que todos a conheçam e admirem. É uma estrutura que durante muitos anos, permitiu aos moradores, almocreves e viajantes, atravessar a Ribeira da Jarda, para se dirigirem ao Recoveiro e Meleças. Mas isso será tema para próximo encontro.

 

Por hoje fiquemos com esta bela e antiga obra de cantaria, património da  Rinchoa.

Publicado por Júlio Cortez Fernandes às 20:07
Link do post | Comentar
7 comentários:
De Jardas bodyguard a 26 de Maio de 2008 às 11:55
Um dos troços mais bonitos da ribeira!
De David a 15 de Junho de 2009 às 03:57
Olá caro amigo,

Desde já quero felicitá lo pelo seu excelente trabalho de pesquisa e divulgação, desta terra do meu coração.

Acerca da ponte medieval apenas quero salientar que existem duas, esta fotografada e outra a montante que dá serventia a uma horta. É uma pena espaços destes não serem preservados e o homem na sua sede económico\evolucionária destruir literalmente o encanto e a magia que só a mãe natureza ao longo do tempo constrói.

Cumprimentos.
De Júlio Cortez Fernandes a 15 de Junho de 2009 às 12:41
Prezado Amigo
Obrigado pelas amáveis palavras conheço as pontes de que fala mas a mais antiga e importante é esta . espero um dia mandar tirar os canos e os fios que a desfiguram, a Nossa Terra contrariamente ao que pretendem certos detractores é linda e tem uma grande ponte para o futuro que somos nós que cá moramos e gostamos dela.
um abraço
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Prezado Amigo <BR>Obrigado pelas amáveis palavras conheço as pontes de que fala mas a mais antiga e importante é esta . espero um dia mandar tirar os canos e os fios que a desfiguram, a Nossa Terra contrariamente ao que pretendem certos detractores é linda e tem uma grande ponte para o futuro que somos nós que cá moramos e gostamos dela. <BR>um abraço <BR class=incorrect name="incorrect" <a>J.Cortez</A> Fernandes
De David a 15 de Junho de 2009 às 22:41
Olá amigo,

Embora seja um humilde cidadão, acredito que a "militância" cívica é estritamente necessária senão mesmo urgente, como filho desta terra tenho todo o interesse em poder ajudar na concretização de o seu embelezamento e melhoramento, não num urbanismo desenfreado, mas num urbanismo consciente e conservantista que não descure os encantos naturais e os de outrora.

Cumprimentos
De Rui Olveira a 20 de Julho de 2010 às 22:53
Meu caro, isto até pode parecer perseguição ! Mas não é. Com o devido respeito tenho que lhe dizer que em relação aos pontões que se encontram na ribeira das jardas não são medievas, são setecentistas ! também lhe queria dizer, e já a segunda vez, que o Casal da Mata, em termos de topónimo a sua base não está no coberto vegetal, mas sim de num proprietário medievo conhecido e mencionado em documentação Histórica de Sintra,
De Júlio Cortez Fernandes a 25 de Julho de 2010 às 19:23
Ponte Medieval e não os pontões .Quanto ao casal da
Mata a origem do topónimo mantenho o que escrevi .
Neste como em muitos outros casos o nome do sítio é anterior ao do "proprietário".Tenho sempre muito cuidado com o que afirmo,porque quem escreve nunca deve esquecer "A língua pacífica é uma árvore de vida;mas a que é imoderada quebrantará o espírito" Provérbios 15 (4).
De santos a 13 de Outubro de 2016 às 20:48
boas informaçoes sobre um local que cheguei a frequentar bastante no final da adolescencia. mas tenho uma duvida. Rinchoa é um Bairro ou 'bairro' de rio de Mouro..ou um conjunto de bairros ,vizinhos de rio de mouro?

Comentar post

Mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 6 seguidores

Pesquisar neste blog

Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

SERRAS DAS MINAS; FREGUES...

INSIGNES QUINTAS COM NOM...

TOPONÍMIA SINTRENSE - GIG...

FEIRA DAS MERCÊS: TEMPO D...

FEIRA DAS MERCÊS HÁ SETE...

ÁRVORES NOTÁVEIS NO PARQU...

MOTIVO DE SATISFAÇÃO

SIGNIFICADO DO TOPÓNIMO ...

GUARDIÃO DA ALDEIA

AQUI OS PINHEIROS BRAVOS ...

Arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

tags

todas as tags

Favoritos

RESOLVER "ENIGMA" RELACIO...

BEM FADADO OU MAL FADAD...

Links sobre o autor

Fotografia do Cabo da Roca: Jason Weaver
blogs SAPO

subscrever feeds