Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo de novo a Ocidente

TOPONÍMIA SINTRENSE - Serra das Ligeiras

A Serra das Ligeiras está situada na freguesia de Rio de Mouro, concelho de Sintra na área metropolitana de Lisboa, Portugal. Do cume vislumbra-se amplo panorama, desde a Serra da Carregueira a norte, Serra de Sintra a oeste, a sul Oceano Atlântico. Nela existiam as antigas minas de ferro de Asfamil que nos ocupamos já neste espaço. Actualmente nas vertentes da elevação, encontrámos propriedades de apreciável dimensão, aproveitadas para a cultura de trigo e forragens. Os terrenos estão limpos, por isso nestas paragens é possível observar aves de rapina, águias e milhafres, na faina da caça, belo  espectáculo, quando planam no ar, e depois em  voo picado veloz na direcção do solo para atacarem coelhos, ratos e por vezes outros passáros.

As terras das Ligeiras, pertenciam a moradores da aldeia de ASFAMIL, povoado de tipo comunitário, o nome significa A-DAS-FAMÍLIAS. Os terrenos circundantes seriam de fruição comum, a maioria ficava na serra. LIGEIRAS, quer dizer união de uma coisa com outra, laço, vínculo, o prefixo Lig, significa, empenhar a palavra, fechar, cerrar, envolver. A exploração da terra seria feita de maneira consensual sem dificuldade simples e informal, sem constrangimentos, isto é: ligeiramente.

O topónimo igualmente está em concordância com o aspecto do sítio "airoso,agradável, com boa vista", enfim "ligeiro".

P7053392.JPG

P7053402.JPG

 

A PROFESSORA DE SINTRA

O interessante livro de D.ELVIRA LOPES: "Vila Verde Cem Anos de História", editado pela Associação da Defesa do Património de Sintra na página 162 contém referencia, à professora D. Emília das Neves e Silva, esposa de outro docente António Joaquim das Neves, Mestre Neves, a quem dedicamos o nosso post de 20 Maio de 2011. D.Elvira Lopes, assinala que D.Emília, leccionou em Vila Verde, freguesia de Terrugem, pelo menos até 1915, e conclui que teria sido  substituída "não sei se por morte  ou aposentação".

Infelizmente D. Emília Neves e Silva, não chegou a gozar da reforma, faleceu no dia 19 de Fevereiro de 1917 aos 54 anos de idade, havia nascido na freguesia e vila de Pampilhosa da Serra, distrito de Coimbra a 3 de Agosto de 1862. Desaparecia assim uma das "mais distintas professoras do ensino primário e que à sua nobre profissão se consagrava apaixonadamente" este e outros louvores foram publicados quando do falecimento ocorrido na sua casa no Cacém, na época situado na freguesia de Rio de Mouro. O prestígio que desfrutava levava as famílias que costumavam passar o verão em Sintra a não querem outra professora para os seus filhos. António Joaquim Neves e D.Emília Neves e Silva, ensinaram várias gerações de crianças sintrenses,sendo conhecidos no seu tempo "os professores de Cintra"

O seu marido morreu dez anos depois, conforme lápide "memória", existente na antiga escola, conde ferreira, onde está  o "posto de atendimento ao cidadão de Sintra" junto do edifício dos paços do concelho. Deveria igualmente ser colocada ao lado outra lembrando a competente e querida professora D.Emília Neves e Silva. Nunca é tarde para uma homenagem merecida e justa, a uma notável personalidade da nossa terra.

Foto de D.Emília com o marido e filhos (arquivo de família).

P7033379.JPG

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D