Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo de novo a Ocidente

TOPONÍMIA SINTRENSE - BOMBACIAS

As minhas " peregrinações " por toda a geografia do território do Município, permitiram em diversas ocasiões ter passado por pequeno sítio, hoje ermo e despovoado, situado na extrema das antigas freguesias de Terrugem e Montelavar, junto a estrada municipal de Montelavar Cabrela, encosta íngreme no sopé da qual corre a Ribeira da Cabrela, localidade denominada: BOMBACIAS.

O topónimo singular despertou desejo de tentar decifrar o significado, depois de muito estudo e hipóteses formuladas, escutando gente que nasceu na localidade, cheguei finalmente, penso com sucesso a solução.

O prefixo  "bombac" exprime o conceito de algodão, macio, aveludado, agradável ao toque e serve para a formação de étimos como: bombácea, bombáceo e...bombazina, um tecido de algodão que emita o veludo cotelê.

Bombacias quer dizer local airoso, soalheiro de clima ameno "macio" em contraponto com o vale profundo que fica próximo, e localidades fronteiras sombrias, viradas a norte. A foto é do caminho para Bombacias no largo do Casal Sequeiro

PA236941.JPG

 

TOPONÍMIA SINTRENSE - FRANCOS

O lugar de Francos, também A-dos-Francos, fica no Município de Sintra,freguesia de Rio de Mouro,  situado num pequeno vale, atravessado pela estrada municipal que liga o IC19, desde o nó de Paiões à rotunda da Tabaqueira em Albarraque.

A simpática povoação habitada por gente bairrista e acolhedora, de que é exemplo a activa e útil sociedade recreativa, há muito que investigava  origem e significado do topónimo. Ultrapassadas as lendárias possibilidades para desvendar o significado, cheguei finalmente a "bom porto"!

No começo do povoamento  região onde foi edificada a aldeia era imenso bosque de que restam pequenos "afloramentos", como o que é visível na colina por cima da antiga azenha de duas mós actualmente, estabelecimento comercial de venda de marisco na beira da estrada, referida inicialmente. No centro da aldeia ainda deparamos com uma Quinta dos Francos.

De onde deriva então o topónimo?

Quando se iniciou actividade agrícola,   coberto vegetal seria frondoso, composto por árvores e  demais vegetação provida de espessa folhagem - do latim frõns e frondis - daí surgiu "frança" que designa: "ramo superior ou copa de árvore". Os povoadores  tiveram de arrotear a "frança" ou bouça, aproveitando as videiras silvestres que cresciam espontâneas,  iriam permitir por enxertia  formar imensas vinhas que caracterizavam o sítio ainda no século XVI.

Os habitantes primitivos passaram a ser conhecidos por "francos" por residirem numa "frança", hoje como evidencia existe pouco abaixo da aldeia o "mato da frança". Eis mais uma prova superada com satisfação nossa .

PB217024.JPG

 

 

TOPONÍMIA SINTRENSE - "CARNE ASSADA "

No território na alçada do Município de Sintra, deparamos sítios e localidades cujo topónimo suscita  curiosidade e desejo de conhecer o verdadeiro significado. Um deles para mim, CARNE ASSADA, aldeia da União das Freguesias de São João das Lampas - Terrugem, há muito desejava  "desvelar"  esta designação.

Depois de várias visitas, suponho ter encontrado a solução.

"Carne Assada" povoado antigo  outrora, pobre e rústico, nas imediações, topónimos relacionados com a temática silvícola pastoril,  exemplos: Cabrela e Faião. A Cabrela  evidencia pastorícia de gado caprino e Faião significa bosque espesso de faias.

Baseado nos factos referidos, e existência na aldeia da rua das "BARREIROAS " posso afirmar  no inicio do povoamento, aqui deveria abundar caça grossa. A Barreiroa tem significado de buraco na terra: toca, sitio de tocaia ou espera para caçar.

A caça seria rentável, como afirmei,  era abundante por isso "carnear ", isto é esquartejar preparar as presas seria efectuada perto do ou mesmo no lugar do abate. A "carniça" dos animais, guardada como provisão, no  povoado,  deste modo deveria ser conhecido, por CARNIÇADA  ou como antanho se escrevia "CARNISSADA", por corruptela originou o topónimo actual.

PB096977.JPG

PB096974.JPG

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D