Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo de novo a Ocidente

ÁGUA CLARA DA CORRENTE

As abundantes águas novas caídas nos últimos dias recarregaram as nascentes aqui por estas ocidentais paragens da grande Olisipo.

Nas antigas terras do prazo de Meleças, mais tarde Quinta Grande, no exacto local onde a Ribeira de Vale de Lobos toma a designação de Fitares, na ponte que une a Rua da Quinta Grande com a Avenida das Nogueiras, na Rinchoa o caudal do curso de água apresenta agora  ar que lhe proporciona a origem do precioso liquido quando brota de nascente.

Para tornar ainda mais idílico o repousante o quadro, o leito da ribeira foi recentemente limpo e despojado da vegetação inútil que entrava  livre caminho das águas; enfim, tudo parece justo e perfeito.

É tudo por agora desde este encantado rincão de Sintra que é a Rinchoa, na freguesia de Rio de Mouro, onde fará para o ano meio século habito com muito gosto e sentimento de pertença.

ribeiralimpa.JPG

 

SÍTIO PERDIDO DA CHAMUSCADA

Na linha divisória das freguesias de Algueirão Mem-Martins, e de Rio de Mouro, Município de Sintra, na rotunda área comercial do Alto das Mercês,deparamos com uma artéria denominada : Rua da Chamuscada.

Seguindo a direcção indicada pela seta,verifiquei,a via termina junto a estaleiro de materiais de construção,e seguindo-se terrenos de matos e arvoredo.

No entanto até a pouco mais de um século,não seria assim; no espaço hoje ocupado por quintas e construção de moradias; até ao Recoveiro, Baratã, e Pexilgais,existia um dos grandes olivais dos arrabaldes de Lisboa, celebre OLIVAL DA CHAMUSCADA.

Por estas bandas abundava e abundam aguas subterrâneas,amiúde brotando a superfície,como a famosa fonte  do Pinhal do Escoto.

Na Chamuscada,seria aberto profundo poço cuja agua através de canalização subterrânea servia para alimentar o aqueduto da Mata, que por sua vez transportava o precioso liquido para o Aqueduto das Aguas Livres destinado mitigar a sede aos Lisboetas.

Tão abundante era a nascente daquele poço que nem durante a grande estiagem de 1856 secou.

Recordando a Chamuscada resta placa toponímia, e agora este apontamento porque até as cartas geográficas editadas pelos serviços da Camara Municipal de Sintra, indicam erradamente  "chamusca " no lugar do verdadeiro topónimo.

ACHAMU.JPG

 

ascoto.JPG

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D