Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo de novo a Ocidente

AS SEQUÓIAS DE SINTRA

As Sequóias são árvores de grande porte e longevidade em muitos casos MILENAR. Esta espécie arbórea é uma das que atingem mais altura e grossura do tronco. A Sequóia é originária da América  do Norte, sobretudo das regiões da Califórnia e do Oregon. Devido a sua madeira, de boa qualidade, foi sujeita a abates tão extensivos, quase levaram à sua extinção, este facto originou que na actualidade seja  possível admira-las em zonas reservadas.

Em Sintra podemos encontrar Sequóias em diversos locais. Existe mesmo uma quinta denominada QUINTA DAS SEQUÓIAS, situada um pouco adiante na estrada velha de Colares a seguir à Penha Verde. No parque da Pena, conforme refere o Professor AZEVEDO GOMES na sua Monografia (1960), no jardim da entrada encontram-se sequóias que devem ter sido plantadas antes de 1856.

Na Vila de Sintra no Parque da Liberdade encontramos algumas dispersas. A imagem que apresentamos é a de uma (sequóia sempervirens) plantada na encosta entre o portão junto ao Palácio Valenças e a Fonte do Plátano.Tem um porte esguio e a  idade cerca de cem anos.

As características ambientais de Sintra são propícias ao crescimento destas árvores, sendo expectável se nada de anormal acontecer os vindouros possam fruir o prazer de encontrar espécimes, com muitos séculos. Plantar e cuidar das árvores pensando nas gerações futuras é uma forma de Fraternidade. Escrevemos em anterior apontamento  que as árvores são uma fonte de ensinamentos, como se pode retirar do desenvolvimento das Sequóias, nenhuma árvore por mais forte que seja consegue sobreviver se não for protegida.

Por isso as árvores prosperam e embelezam-se quando rodeadas de "vizinhas" de todas as variedades. Uma planta isolada não tem abrigo contra ventos nem recebe sombra protectora de qualquer outra...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D