Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo de novo a Ocidente

CURIOSIDADES CENSITÁRIAS DO CONCELHO DE SINTRA

Como é conhecimento decorre este ano de 2011, uma campanha de recolha de dados pelo INE (Instituto Nacional de Estatística), com o objectivo de conhecer,os aspectos demográficos e sociais do país. Com os modernos meios informáticos, iremos saber rapidamente: quantos somos e como vivemos. Aproveitando a ocasião decidimos investigar os aspectos idênticos do concelho de Sintra (Cintra), no ano de 1870, tendo como fonte as Cartas Elementares de Portugal de Barros Gomes,publicadas em 1878.

Segundo aquelas o concelho de Sintra, estava incluído na região do Centro Litoral, constituída por concelhos dos distritos de Lisboa, Santarém e Leiria. Do distrito de Lisboa, além dos concelhos actuais, faziam parte os de Belém,e Olivais que seriam extintos mais tarde. O concelho de Sintra era povoado por 20.791 habitantes, numero inferior aos de: Lisboa, Belém, Olivais, Torres Vedras e Mafra. No conjunto dos 289 concelhos do País,Sintra ocupava o numero 28º.

As outras caracteristicas referidas sobre o concelho,eram as seguintes:

Gados:

Cabras-655

Ovelhas-12.837

Suínos-  1.213

Bovinos-3.418

A área do concelho: 32.193 Ha, era quase idêntica á actual. As árvores florestais dominantes eram a oliveira, o sobreiro, o pinheiro bravo e o carvalho português. Analisando as estatísticas, podemos concluir: Sintra era um Município marcado por uma profunda ruralidade, apesar de albergar uma população significativa para a época. O elevado efectivo de ovelhas permitia a produção de queijo, que juntamente com Olivais ,depois Loures, dava o chamado "queijo saloio" e"solar" da raça "ovelha saloia" que posteriormente seria a produtora do leite para o fabrico do queijo de Azeitão.Note-se o numero de bovinos,bois e vacas,do leite vacum fabricava-se a famosa manteiga de Sintra. O reduzido número de cabras, devia-se ao facto de ter  grande importância florestal,por isso, a pastagem livre de caprinos era proibida, estes animais eram daninhos para as árvores. A foto que ilustra o texto obtida a partir do bairro da Estefânia pode considera-se como sendo de 1878,porque aquele aglomerado urbano já existia,e a paisagem perdura até hoje.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D