Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo de novo a Ocidente

O ZAMBUJO DA RUA DO CASAL DO OLIVAL EM MASSAMÁ

Os terrenos onde hoje se erguem os milhares de prédios que constituem o aglomerado urbano de Massamá, no Munícipio de Sintra, foram durante séculos solos de grande aptidão agrícola, onde se cultivavam: cereais, linho e forragens para animais, particularmente para cavalos. As propriedades eram designadas por "Terras", e de que ficou memória na toponímia, como atestam os nomes: Terra das Forcadas, Terra dos Quatro Cantos, Terra da Albardeira, Terra da Várzea, Terra do Monte Tinhoso tudo existente na area da Freguesia de Massamá.

No entanto,na zona cresciam, também muitas oliveiras, daí Casal do Olival donde se iniciou a urbanização do sítio na década de 80 do século XX. As azeitonas eram moídas no Lagar do Cacém, situado à entrada daquela localidade, onde hoje é o Viaduto do Lagar, assim "baptizado" por proposta, aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal  de Sintra, com objectivo de lembrar aquele "moínho de azeite".

Do olivedo de Massamá, resta um ZAMBUJO ou OLIVEIRA BRAVA, que continua a crescer numa esquina da rua que tem o nome do Casal. Os zambujos eram utilizados como porta enxertos das oliveiras ditas "mansas". Este arbusto apresenta um bom aspecto vegetativo, demonstrado pela foto. Se fosse possível deveria ser alindada a envolvente do zambujo e colocada uma pequena informação chamando a atenção de quem passa para este património: o derradeiro exemplar, silvestre, do casal do olival e das "terras" de MASSAMÁ.

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D