Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo de novo a Ocidente

AFINAL A HISTÓRIA TAMBÉM SE REPETE

Se ridículo matasse quantas " luminárias " da nossa praça,estariam já mortinhas de todo, como sabiamente costuma opinar um muito querido amigo.

Por causa da pandemia, aqui del- rei , foram proibidos arraiais de Santo António  e demais festanças, sempre tradição do povo humilde e desprotegido...

Nada mais errado, primeiro arraiais lisboetas do Santo António, não são costume ancestral, segundo épocas houve que os ditos arraiais não se realizavam, como podemos constatar, por noticia na imprensa de 1938,

Mais tarde o regime do Estado Novo, por sugestão e empenho de António Ferro, patrocinaria a invenção das marchas populares, e  tronos do Santo António, em homenagem ao outro António da Calçada da Estrela.

Enfim,como aconselha Dr, Pacheco Pereira meu antigo professor no ISTCE, estudem mais; da nossa parte cumpram as regras de boa conduta sanitária contra a pandemia, para nos livrar desta.

Tenham juízo, arraiais vão e vem  dependendo do capricho de pretensos salvadores da Pátria.

Fico apreensivo; afinal em Portugal, ainda parece existirem muitos adeptos de saudosas reais pessoas, porque ao fim e ao cabo , querem é " reinaçâo".

aiaiai.png

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D