Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo de novo a Ocidente

CACHO DOURADO DA INGRATIDÃO

António Brandão de Vasconcelos, republicano, senador, médico, agricultor,adepto da agricultura moderna servida de assalariados pagos com salário justo.Viveu  em Colares,Município de Sintra, onde decidiu terminar a vida, em Janeiro de 1934.Fundador entusiasta dinamizador da Adega Regional de Colares, com objectivo de garantir qualidade e preço de venda compensatório para o produto mais emblemático da região , o " VINHO DE COLARES ". Um dos grandes defensores dos interesses da região de Sintra.

Decorridos apenas três anos sobre  data do falecimento, em Julho de 1937 realizou-se em Colares   luzida festa,na presença do Senhor Presidente da República Óscar Carmona, com finalidade de  entregar ao rancho de Colares, no Outono de 1936, havia concorrido, a Festa Vindimária de Lisboa, onde ganhou troféu denominado  « Cacho Dourado »,porque a colheita dos vinhedos da região colareja, merecia tal distinção;  " o objecto entregue significa a imagem real e o símbolo venerador do fruto precioso que o nutre, dá saúde e riqueza a gente moradora neste lugar ", afirmou na ocasião o orador convidado Dr. Samuel Maia.

 

As festividades decorreram no pátio da Adega Regional, teve participação das bandas, União Sintrense, Escola Profissional da Paiã, Grémio Musical de Almoçageme, e da famosa fadista  Adelina Fernandes madrinha do rancho.  Individualidades presentes entre outras, Ministro do Comércio Teotónio Pereira, Governador Civil de Lisboa, Presidente da Câmara Municipal de Sintra,e pároco de Colares, senhor Padre José Barreto.

Nos discursos oficiais , Presidente da Câmara, saudou o chefe de Estado e membros do governo. Chefe de Estado,de improviso,fala de " Alberto Tota,  a alma da vila de Colares pessoa a quem se deve , em grande parte a organização da Adega Regional de Colares, bela obra, de um efeito social admirável ".Carmona abraçou  Alberto Tota,  assistência manifestou-se com uma prolongada salva de palmas, e muitos vivas.

Por último servido ao ar livre um Colares de honra a todos convidados e visitantes,A festa continuou com música foguetes,alegria boa disposição.

Ninguém lembrou a acção de António Brandão de Vasconcelos em prole da região de Colares e Adega Regional, evento,teve mérito demonstrar , mais uma vez , frequente é ingratidão e a inveja,por quem se esforça e trabalha em beneficio da comunidade...

foto da " festa"

cachu.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D