Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo de novo a Ocidente

MONUMENTO EVOCATIVO - MARQUÊS DE POMBAL - LISBOA

Abril de 1914, foram conhecidos resultados do concurso aberto para apresentação de projectos destinados ao monumento a Marques de Pombal, a erigir em Lisboa.

O primeiro prémio seria atribuído a proposta apresentada ,em "maquete",pelos arquitectos Adães Bermudes, António Couto,e escultor, Francisco dos Santos.

autorers.JPG

Em primeiro plano,está retrato de Francisco dos Santos, um dos maiores escultores portugueses de todos os tempos, natural da localidade de Paiões , freguesia de Rio de Mouro, Sintra.

Ao centro figura,  arquitecto Adães Bermudes,  ultimo será, o também arquitecto, António Couto.

Acerca destes, protagonistas, do citado concurso, existe pormenor, interessante. Adães Bermudes, já possuia  quinta, situada em Paiões, onde viria a falecer. António Couto,  nasceu em Barcarena,  tendo  ficado órfão sendo criança, devido a falta de recursos de sua mãe, foi educado, na Casa Pia de Lisboa, onde seria condiscípulo de Francisco dos Santos.

Barcarena,actualmente freguesia do concelho de Oeiras, ficava próximo a Rio de Mouro, bem perto, porque, limites da autarquia, naquela época, terminavam na Ribeira de Barcarena,

Podemos afirmar , com certeza, ideia para concretizar projecto deste grandioso e belo monumento, glorificando, personagem controversa da História de Portugal, seria ,tambem, debatida em Paiões.

  Monumento a Marques de Pombal em Lisboa, resultou do talento engenho e arte de artistas, nascidos na região saloia. Adães Bermudes, veio ao mundo na cidade do Porto, e repousa no Cemiterio paroquial da nossa freguesia. Havia elo que os unia foram  membros da maçonaria.

A maquete apresentada, vencedora do concurso :

amaquete.JPG

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D