Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo de novo a Ocidente

TRAGÉDIA NA ESCOLA DE AVIAÇÃO DA GRANJA DO MARQUÊS - SINTRA

Quinta-Feira,dia 25  de Fevereiro de 1926, avião AVRO 7, despenhou-se quando se preparava para aterrar , na pista da Escola de Aviação militar, instalada na granja do marques, junto da estrada Sintra, Mafra, perto da povoação de Lameiras, Pero Pinheiro.Faleceram na trágica ocorrência, os dois tripulantes , tenente miliciano aviador, Amílcar Alvarenga, e alferes médico José de Azevedo Reis.

O avião com motor de 110 cavalos, era utilizado nos voos de instrução da escola.Curiosamente antes do trágico desenlace ,aeronave havia subido , para efectuar várias voltas sobrevoando o aeródromo,  nessa ocasião, pilotada pelo capitão Craveiro Lopes, acompanhado do tenente Ayala Montenegro.   Poisou normalmente na pista as 9,30 horas, tudo funcionou sem problemas.

O capitão Craveiro Lopes, seria nomeado Presidente da Camara Municipal de Sintra a 20 de Junho desse ano. Mais tarde tornar-se ia Presidente da República Portuguesa.

Caso para dizermos, Craveiro Lopes, escapou por uma unha negra.Aliás temos agora  elementos,  permitem afirmar, a vida do ilustre português, militar e republicano, foi sempre cheia de risco. 

 

O ADEUS DO CAPITÃO CRAVEIRO LOPES Á CÂMARA DE SINTRA

Há 80 anos o então Capitão Piloto Aviador Francisco Higino Craveiro Lopes terminava o seu mandato de três anos como Presidente da Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Sintra cargo para que tinha sido nomeado pelo governo saído do movimento revolucionário de 28 de Maio de 1926.

A última reunião a que presidiu realizou-se na quinta feira dia 18 de Julho de 1929 a acta da sessão contém uma sua intervenção do teor seguinte:

 

 

 

 Eleito Presidente da República em 1951, Craveiro Lopes, foi o primeiro Português, que tendo presidido a uma Câmara Municipal chegou à mais alta hierarquia do Estado.

Quando cessou as funções na Câmara Municipal de Sintra, Craveiro Lopes, foi para Goa como ajudante de campo de seu pai, ao tempo, Governador do Estado da Índia.

Neste, como noutros aspectos precursores de mudanças a nível nacional, Sintra esteve sempre na primeira linha.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D