Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo de novo a Ocidente

VALIOSÍSSIMO TESTEMUNHO HISTÓRICO EM RISCO DESAPARECER

Na estrada Muro do Derrete, Rinchoa, freguesia de Rio de Mouro, Município de Sintra,paredes meias com o terreiro da Feira das Mercês,encontramos caminho da ruína, pequena vivenda, talvez construida, na década vinte do século passado. 

Na frontaria,ainda intacto, painel de azulejo,representando  carregamento de uvas, resultantes da faina das vindimas. Mais um testemunho da importância vinícola da região até começo da década 1950.

Toda encosta desde alto do " Belo Ar ",  Quinta do Alto, até antigo Casal dos Campos Velhos, pelo caminho de Entre Vinhas, era coberta de produtivos vinhedos.

O carro de bois, é do tipo " carro de bois saloio " como definiu Fernando Galhano no livro  "O CARRO DE BOIS EM PORTUGAL ", datado de 1973.

Uma das características, segundo Galhano, são " as  rodas, quase se  devem considerar cheias, porque  têm dois pequenos orifícios, chamados, "ventas das rodas" sem qualquer utilidade funcional". Podemos observar foto obtida na Terrugem, Sintra, finais 1940 essa particularidade.

terrugem.JPG

Indubitavelmente,trata-se de  carro usado localmente no tempo da edificação da casa, não qualquer, imaginação importada de outras terras.O pormenor construtivo da roda, idêntico,  tanto na foto como no azulejo.

Antes tudo desapareça lanço apelo salvemos o painel; testemunho inequívoco de importância histórica e etnográfica, nova prova da nossa afirmação acerca da antiga  relevancia vinícola desta região. Além do mais, uma peça de cerâmica bonita...  

PC258317 (2).JPG

 

PC258316 (3).JPG

 

 

   

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Curiosidades sobre o autor

Comentários - Alvor de Sintra

Quadros para crianças

Sites e Blogs de Interesse

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D